Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


08/05/2015

Grupo Consultivo Nacional de Manejo Integrado de Pragas está formado

Projeto piloto em nível internacional, o FSC Brasil selecionou os profissionais com base na atuação dentro das três dimensões do manejo florestal.

Atendendo ao pedido dos membros, o Brasil é o primeiro país no mundo a formar um GCNMIP.

Os membros eleitos deste grupo serão responsáveis por avaliar os pedidos de derrogação submetidos pelas organizações certificadas (ou candidatas à certificação). Eles irão, com base em critérios definidos em conjunto com a Unidade de Políticas e Padrões do FSC® Internacional, avaliar as solicitações de uso de pesticidas classificados como altamente perigosos pelo FSC. O parecer dos especialistas nacionais servirá como base para a tomada de decisão do Comitê de Pesticidas do FSC IC.

Projeto piloto em nível internacional, o FSC Brasil se inspirou na governança do sistema, cujo princípio é o balanço das câmaras social, ambiental e econômica, para selecionar os profissionais com base na atuação dentro das três dimensões do manejo florestal, no contexto do manejo integrado de pragas:

Aspectos Sociais: Saúde humana por uso de agroquímico no setor florestal, saúde animal, segurança do trabalho, resíduos de pesticidas no homem, epidemiologia, saúde ocupacional;

Aspectos Ambientais: Avaliação de risco ambiental de agroquímicos, impacto ambiental de pesticidas – no solo, água, ar, risco a animais não alvo, manejo de insetos sociais; fitopatologia; patologia florestal; resistência de plantas; resíduos de pesticidas no ambiente.

Aspectos Econômicos: Manejo integrado de pragas (MIP), proteção florestal, entomologia agrícola e/ou florestal, entomologia econômica, controle químico, controle biológico, controle microbiano (viabilidade destes controles).

Nesta fase, um especialista de cada área avaliará o pedido de extensão da derrogação dos ingredientes ativos sulfluramida, deltametrina e fipronil.

O FSC Brasil tem o prazer de apresentar e dar as boas-vindas aos sete especialistas registrados junto ao FSC Internacional. São eles:

Titulares: Joaquim Neto - Professor Titular em ecotoxicologia dos agrotóxicos e saúde ocupacional - UNESP - Titular - Aspectos Sociais; Robinson Pitelli - Professor titular aposentado da UNESP - Titular - Aspectos Ambientais; Carlos Wilcken - Vice Diretor e Professor adjunto FCA/UNESP - Titular - Aspectos Econômicos.

Suplentes: Luis Schiesari - Professor Associado da EACH – USP - 1º Suplente - Aspectos Ambientais; Adilson Dias Paschoal - Professor Sênior - ESALQ/USP - 2º Suplente - Aspectos Ambientais; Aldo Merotto Junior - Professor Adjunto - Departamento de Plantas de Lavoura – UFRGS - 1º Suplente - Aspectos Econômicos; José Otávio M. Menten - Professor Associado da ESALQ - 2º Suplente - Aspectos Econômicos.

Dentre as normas do FSC, existe a que regula o uso de produtos químicos para o controle de pragas em plantações florestais. A Política de Químicos FSC restringe o uso de determinados produtos classificados como altamente perigosos, autorizando seu uso somente mediante aprovação de uma solicitação de derrogação.

A derrogação é uma autorização dada pelo FSC para que unidades de manejo florestal certificadas utilizem alguns químicos, pelo período de até cinco anos, mediante a comprovação da necessidade do uso, o cumprimento de condicionantes pré-estabelecidas e investimentos na busca por alternativas para o controle de pragas e doenças.


Fonte: FSC



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


Francisco de Assis Ribeiro disse:

12/05/2015 às 19:03

Gostaria de comunicar que já está disponível no mercado a primeira isca formicida biológica do mundo. Www.bioisca.com.br distribuída pela Plant Defender. Estou a disposição para maiores informações. Abraços Francisco

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1310 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey