Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


15/08/2017

Novo leilão de energia pode reacender mercado de biomassa florestal

Expectativa agora são com os preços que podem viabilizar, ou não, a produção de energia elétrica a partir de florestas plantadas.


A publicação da Portaria MME nº 293, do Ministério de Minas e Energia, no último dia 7 de agosto, "reacendeu" a expectativa dos produtores de biomassa florestal pelo Brasil afora.
Ainda que a confirmação dos leilões (Energia Nova A-4 e A-6) dependam da demanda dos compradores (os agentes de distribuição), as diretrizes contemplam a venda de energia elétrica produzida em terméletricas a biomassa a partir de 2021. Os certames devem acontecer em dezembro deste ano.

Os empreendedores interessados em participar dos Leilões de Energia Nova de 2017 deverão requerer o cadastramento dos respectivos projetos junto à Empresa de Pesquisa Energética - EPE protocolando os documentos necessários até as 12 horas do dia 6 de setembro de 2017, nos termos das diretrizes publicadas.

De acordo com nota divulgada pelo Ministério de Minas e Energia, mais dois leilões devem acontecer em 2018, totalizando a contratação de energia nova para os anos de 2021, 2022, 2023 e 2024.
Com 13 projetos de usinas termelétricas de biomassa prontos, Mato Grosso do Sul é um dos estados que deve aproveitar a oportunidade.

"A expectativa é que o valor de referência do megawatt hora da biomassa seja competitivo dessa vez", ressaltou Jaime Verruck, secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul.

Para o secretário executivo da Frente Parlamentar de Silvicultura, o advogado Aldo de Cresci, o edital traz duas "boas notícias". "O empreendedor que vencer o leilão terá mais tempo para implementar o projeto. Além disso, para o setor florestal, outra boa novidade é que haverá uma regularidade na venda de energia", explicou Aldo.


Antes, o consumo poderia ser variável (um mês menos que outro, por exemplo). A nova diretriz permite que o empreendedor defina quanto entregará mensalmente contemplando, assim, as características do projeto florestal.

Tanto a Frente Parlamentar de Silvicultura quanto a Câmara Setorial de Florestas Plantadas atuaram diretamente junto ao Ministério de Minas e Energia.

Detalhes dessa "negociação" serão abordados durante o 5º Encontro de Executivos Florestais (GPS TALKS INSIGHTS) que acontecerá no próximo dia 17 de agosto, em São Paulo.
As inscrições ainda estão abertas através do site http://liderancaflorestal.com.br/


Fonte: Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

18/11/2017 às 21:22

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


280 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey