Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Inventário Florestal de Minas Gerais

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


24/11/2009

Inventário Florestal de Minas Gerais

O Inventário Florestal do Estado de Minas Gerais é uma ação do Governo Mineiro, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD) e do Instituto Estadual de Florestas (IEF).

O Inventário Florestal do Estado de Minas Gerais é uma ação do Governo Mineiro, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD) e do Instituto Estadual de Florestas (IEF). É constituído de duas vertentes:

  • 1) Mapeamento e monitoramento periódico da cobertura florestal natural e das florestas produtivas do território mineiro;S


     

  • 2) Inventário florestal propriamente dito, que gerou uma série de informações em relação às florestas plantadas de espécies do gênero Eucalyptus e à qualidade dos remanescentes florestais naturais, inclusive relacionadas à determinação do estoque de carbono e ao acompanhamento contínuo do desenvolvimento das florestas, por meio de medições em parcelas permanentes estabelecidas nas fitofisionomias florestais presentes no Estado de Minas Gerais.
Objetivo Geral

O Inventário Florestal do Estado de Minas Gerais é um conjunto de informações relacionadas aos recursos florestais que complementarão, de forma essencial, o conjunto de dados fundamentais para o desenvolvimento das atividades do Instituto Estadual de Florestas, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e de outras esferas de  governo.

Com esse instrumento, será possível identificar e determinar os principais atores e as principais causas que levam à alteração do uso do solo mineiro e ao empobrecimento de sua diversidade biológica. A partir daí, pode se interferir de forma decisiva nos processos produtivos, a fim de buscar um permanente e verdadeiro desenvolvimento sustentável.
 
 
Objetivos Específicos
 
  • Desenvolver e aplicar uma metodologia que fosse menos sensível às limitações apresentadas para realizar o monitoramento via sensoriamento remoto de todo o Estado de Minas Gerais;
     
  • Determinar a acurácia e a precisão da classificação temá­tica do “Mapeamento da Flora Nativa e dos Reflorestamentos de Minas Gerais”.
     
  • Identificar os atores e as principais causas do desflorestamento em Minas Gerais nos últimos dois anos, possibilitando analisar e prever tendências de pressão antrópica nas diversas regiões do Estado.
     
  • Geração de  estatísticas e mapas temáticos necessários para inferir sobre os reflorestamentos no Estado de Minas Gerais;
     
  • Tendências da produção em volume, peso de matéria seca e estoque de carbono de povoamentos de eucalipto, por conjunto de Sub

     
  • Bacias Hidrográficas, usando como referência as bases de dados cedidas pela grande maioria das empresas florestais de Minas Gerais;
     
  • Geração de equações de volume, peso de matéria seca, tanino, cortiça, óleo, sistema radicular e conversão de volumes de carbono, para diferentes fitofisionomias da flora nativa;
     
  • Caracterização dos fragmentos amostrados no Inventário Florestal de Minas Gerais para os do­mínios do cerrado e das florestas estacionais decidual,  semidecidual  e ombrófila, indicando a localização e suas descrições ambientais e fisionômicas;
     
  • Estudos de florística, estrutura, diversidade, similaridade, distribuição diamétrica e de altura, volumetria, tendências de crescimento e áreas Aptas para Manejo Florestal para as diferentes fitofisionomias da flora nativa;
     
  • Determinação da suficiência amostral para vegetação nativa do cerrado e para as florestas estaci2onal decidual, semidecidual e ombrófila;
     
  • Analise do comportamento da vegetação do Cerrado submetida a intervenções e sobre a possibilidade de manejar essa vegetação;
     
  • Analise da trajetória de crescimento de espécies do cerrado;
     
  • Definição de grupos fisionômicos no domínio do cerrado;
     
  • Apresentar informações taxonômicas e sobre o hábito, a distribuição e o estado de conservação de 2.258 espécies florestais encontradas nos fragmentos florestais inventariados;

     

     

  • Referenciar nomes regionais e no caso das espécies da Floresta Estacional Semidecidual e da Floresta Ombrófila caracterizar seu grupo ecológico;
     
  • Abordar as novas espécies que foram descobertas no Inventário Florestal de Minas Gerais;
     
  • Considerar 64 espécies cuja ocorrência ainda não havia sido identificada pela comunidade científica, em Minas Gerais
  •  


    Fonte: UFLA



    Publicidade


    Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


    Nome: Email (não aparecerá no site):




    Comentário(s) (0)


    CIFlorestas disse:

    17/10/2019 às 10:45

    Nenhum comentário enviado até o momento.

    Novidades do Site


    Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

    As mais lidas


    Pensamento

    A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
    Paul Valéry

    Vídeo

    Bureau de Inteligência

    Análise Conjuntural
    Editais
    Produções Técnicas

    Patentes
    Cartilha Florestal
    Legislação



    Publicidade

    Mercado

    Cotações
    Câmbio
    Mapa Empresarial


    Enquete

    Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

    volume de madeira sólida (metro cúbico)
    tonelada de madeira
    metro estéreo ou metro de lenha
    unidade ou peças de madeira

    Receba no seu email

    Análise Conjuntural

    Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

    Newsletter

    Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

    Nuvem de Tags


    5524 visitas nesta página

    Polo de Excelência em Florestas

    Parceiros

    AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

    Colaboradores

    ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
    Desenvolvido por Ronnan del Rey