Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


25/11/2009

Madeira Ganha Teste por Norma Genérica Legal

O Programa SmartWood da Rainforest Alliance (Doravante SmartWood) acaba de desenvolver uma Norma Genérica para Verificação de Origem Legal (VLO), que será usada para avaliar e verificar se produtores florestais de madeira ou não-madeira possuem direito legal de extração sob as leis e regulamentos aplicável em sua jurisdição. A norma vai verificar também se todos pontos ao longo da cadeia de suprimento que usam o produto florestal mantém sistemas para documentar e controlar a cadeia de custódia.

O Programa SmartWood da Rainforest Alliance (Doravante SmartWood) acaba de desenvolver uma Norma Genérica para Verificação de Origem Legal (VLO), que será usada para avaliar e verificar se produtores florestais de madeira ou não-madeira possuem direito legal de extração sob as leis e regulamentos aplicável em sua jurisdição. A norma vai verificar também se todos pontos ao longo da cadeia de suprimento que usam o produto florestal mantém sistemas para documentar e controlar a cadeia de custódia.

Segundo Leonardo Martim Sobral, da certificação florestal do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), com esta norma, as empresas recebem uma declaração de verificação que deverão utilizar nos documentos de venda para comprovar que a madeira foi verificada. “Além disso, a empresa poderá comunicar publicamente que possui verificação de legalidade de origem para seus produtos”.

As auditorias da norma serão realizadas nos locais de colheita licenciados, com as devidas aprovações e licenças, impostos necessários pagos como, royalties e/ou taxas de colheita; seguindo leis relativas à proteção ambiental, fauna, conservação da água e do solo, normas de colheita, saúde e segurança, relação com as comunidades e “manutenção de um sistema de cadeia de custódia junto ao manejo florestal e a indústria da empresa”, completa Sobral.

Essa consulta serve para colher contribuições sobre a norma, para que seja formatada uma versão final com opiniões dos mais diversos setores, visando a construção de uma norma mais robusta. Segunda as regras do SmartWood/Rainforest Alliance, o período de apuração é de 30 dias, mas isso não impede que novas contribuições possam ser enviadas durante qualquer fase do processo”, explica Sobral.

Esta norma será aplicável a comerciantes, produtores e fornecedores de produtos florestais, bem como empresas individuais ou como parte de uma cadeia de suprimento definida. Os empreendimentos de manejo florestal (EMFs) serão avaliados em relação a todos os princípios da norma.


Fonte: Portal G1



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

22/10/2019 às 16:55

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3007 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey