Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


20/05/2010

Ações da Fibria Estreiam no Novo Mercado

As ações da Fibria começam a ser negociadas hoje no Novo Mercado, segmento de listagem que exige a prática dos mais elevados padrões em governança corporativa na BM&FBovespa. Durante a abertura do pregão foi realizado o ato simbólico do toque da campainha com a presença de Carlos Augusto Lira Aguiar – CEO e Diretor de Tesouraria & RI, José Luciano Penido, Presidente do Conselho de Administração e da diretoria executiva da Fibria. Após o evento foi realizada a primeira reunião publica com analistas de mercado - APIMEC.

As ações da Fibria começam a ser negociadas hoje no Novo Mercado, segmento de listagem que exige a prática dos mais elevados padrões em governança corporativa na BM&FBovespa. Durante a abertura do pregão foi realizado o ato simbólico do toque da campainha com a presença de Carlos Augusto Lira Aguiar – CEO e Diretor de Tesouraria & RI, José Luciano Penido, Presidente do Conselho de Administração e da diretoria executiva da Fibria. Após o evento foi realizada a primeira reunião publica com analistas de mercado - APIMEC.

Para Carlos Aguiar, CEO da Fibria esse é um passo importante que evidencia a importância e o comprometimento da empresa com a transparência na sua gestão. “A adesão da Fibria ao Novo Mercado ratifica o nosso compromisso com a adoção das melhores práticas de governança corporativa assumido entre a Companhia, seus administradores e acionistas” declara Aguiar. Entre os compromissos voluntários assumidos pela Fibria com o mercado de capitais, destaca-se a condição de emissor apenas de ações ordinárias, garantindo que cada ação tenha direito a um voto. “Essa mudança trará benefícios não só para os nossos acionistas, mas também para o próprio mercado e para o país” conclui o executivo.

Com a adesão da Fibria, sobe para 108 o número de empresas listadas no Novo Mercado e para 162 nos segmentos especiais de listagem da BM&FBOVESPA, sendo 19 no Nível 2 e 35 no Nível 1. As ações de emissão da empresa, que já integram o Índice de Ações com Governança Corporativa Diferenciada (IGC) como companhia do Nível 1, passarão a integrá-lo como companhia do Novo Mercado.
 


Fonte: Celulose Online



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

04/04/2020 às 12:23

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1925 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey