Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


25/05/2010

Vendas de Papéis Crescem 12,8% em Abril

De acordo com dados preliminares da Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa), as vendas locais totalizaram 435 mil toneladas no mês passado, alta de 12,8% em relação a igual intervalo de 2009. Na comparação com março de 2010, o volume de vendas encolheu 0,6%. O melhor desempenho do período foi apurado no segmento de papel cartão, disputado por Klabin e Suzano Papel e Celulose, cujas vendas cresceram 40% sobre abril de 2009, para 49 mil toneladas.

 De acordo com dados preliminares da Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa), as vendas locais totalizaram 435 mil toneladas no mês passado, alta de 12,8% em relação a igual intervalo de 2009. Na comparação com março de 2010, o volume de vendas encolheu 0,6%. O melhor desempenho do período foi apurado no segmento de papel cartão, disputado por Klabin e Suzano Papel e Celulose, cujas vendas cresceram 40% sobre abril de 2009, para 49 mil toneladas.

Principal mercado da indústria nacional de papéis, o segmento de produtos para embalagem apresentou alta de 18% nas vendas internas, para 146 mil toneladas. No acumulado de janeiro a abril, as vendas do setor atingiram 1,665 milhão de toneladas, expansão de 11,1%. O resultado foi mais uma vez impulsionado pelo papel cartão, cujas vendas somaram 186 mil toneladas, alta de 39,8% sobre o primeiro quadrimestre do ano passado.

O desempenho das exportações também foi favorável, com vendas de 177 mil toneladas em abril. O resultado representa alta de 7,3% sobre o mesmo período do ano passado, mas é 19,5% inferior ao apurado em março. De janeiro a abril, as exportações somaram 737 mil toneladas, acréscimo de 20,2% sobre o primeiro quadrimestre de 2009.

A receita com vendas externas no período cresceu 24,4%, para US$ 657 milhões (preço FOB). O aumento das vendas domésticas reflete a expansão do consumo aparente local. Esse ambiente favorável de negócios no Brasil contribuiu para que as importações no quadrimestre totalizassem 458 mil toneladas, alta de 55,8% sobre os quatro primeiros meses do ano passado.

O consumo aparente no intervalo cresceu 11,4%, para 2,969 milhões de toneladas. Para atender à demanda, as indústrias ampliaram a produção em 8,8% para 3,248 milhões de toneladas entre janeiro e abril.


Fonte: Monitor Mercantil/Adaptado por Celulose Online



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

10/08/2020 às 05:14

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1840 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey