Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


26/08/2010

UFV participa da elaboração do Plano de Ação Nacional para a Conservação de Cactáceas

Entre os dias 11 e 13 de agosto aconteceu em Brasília, no Instituto Chico Mendes (ICMBio), um workshop para a elaboração do Plano Ação Nacional para a Conservação de Cactáceas, que é o primeiro plano de ação para conservação de espécies vegetais no país.

Dentre os pesquisadores que compareceram à reunião, estava a doutoranda do Departamento de Biologia Vegetal da UFV, Marianna Rodrigues Santos, que é taxonomista da família Cactaceae e desenvolve pesquisas sob a orientação da professora Flávia Cristina Garcia.

A reunião contou com a presença de Bráulio Dias, representante do Ministério do Meio Ambiente, e de representantes do ICMBio, como Suelma Silva (idealizadora do plano), Fátima Pires e Inês Oliveira (facilitadoras da reunião), além de pesquisadores de diversas instituições e diretores de Unidades de Conservação. 

Para a elaboração do plano, a reunião foi dividida em duas partes: na primeira foi apresentado um diagnóstico do estado de conservação da espécie, sua biologia, reprodução, taxonomia, distribuição potencial, ocorrência em áreas protegidas e principais ameaças a sua integridade e perpetuidade. Com base nas informações consolidadas na parte I foi feita uma oficina de trabalho com especialistas e atores institucionais que influenciam o processo de conservação da espécie. Nesta oficina foi elaborada a Parte II, que consiste no objetivo do plano, metas de conservação para o alcance do objetivo, e ações operacionais para atendimento destas metas. 

Por meio da reunião ocorreu a designação dos articuladores responsáveis pelas ações e estabelecidos indicadores, custos e o patamar de melhoria para conservação das espécies da família Cactáceas. No total foram criadas 3 metas e 92 ações, sendo o objetivo principal promover a conservação efetiva e a redução do risco de extinção de cactáceas no Brasil. Este plano de ação será publicado ainda este ano, e o prazo para a execução das ações propostas é até outubro de 2015.


Fonte: UFV



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

22/10/2019 às 16:33

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2988 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey