Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


02/09/2010

Municípios tentam deixar lista do desmate

Convênio deve ajudar a regularizar situação dos piores desmatadores da Amazônia.

 Mais cinco municípios da Amazônia querem sair da "lista suja" do governo dos maiores desmatadores, e vão contar, para isso, com a ajuda de seu algoz, o Ministério do Meio Ambiente.
Ontem foi firmado um convênio de US$ 3,5 milhões entre o governo, a ONG ambientalista The Nature Conservancy e as prefeituras de Santana do Araguaia e Marabá (PA), e Feliz Natal, Brasnorte e Juína (MT).
Por ele, os municípios terão assistência técnica para implementarem o chamado Cadastro Ambiental Rural, ou CAR, em suas fazendas.
O CAR é uma exigência do decreto presidencial e da resolução do Banco Central de 2008, que suspendem o crédito rural em 43 municípios campeões de desmatamento.
O cadastro obriga cada proprietário a declarar sua área de floresta em forma de reserva legal e áreas de preservação permanente, para que o governo possa saber se o dono está cumprindo os percentuais de preservação.
O primeiro município a sair da "lista suja", neste ano, foi Paragominas (PA). Diante do sufoco econômico, os outros resolveram seguir o exemplo. "Santana do Araguaia chegou a dizer que queria um compromisso de desmatamento zero", disse Ana Cristina Barros, da TNC.
A ONG ligará governo e fazendeiros, montando mapas de satélite das propriedades. 


Fonte: Folha de São Paulo



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

09/12/2019 às 02:03

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1985 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey