Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


21/09/2011

Abertas inscrições para a 2ª Audiência Pública do plano de resíduos sólidos

Os interessados em participar da segunda Audiência Pública relativa à construção do Plano Nacional de Resíduos Sólidos, que será realizada em Curitiba (PR), têm até o dia 30 de setembro para se inscrever.

Suelene Gusmão

A audiência da Região Sul está marcada para os dias 4 e 5 de outubro e será realizada na Federação das Indústrias do Estado do Paraná, na rua Comendador Franco, 1.341 - Jardim Botânico.

As inscrições podem ser feitas no endereço eletrônico do Ministério do Meio Ambiente (www.mma.gov.br). Serão aceitas inscrições em três categoriais: Governo, empresariado e movimentos sociais.

As audiências públicas têm por objetivo garantir a participação da sociedade na montagem do plano de resíduos sólidos. A primeira delas - a da região Centro-Oeste - foi realizada em Campo Grande, nos dias 13 e 14 de setembro.

Em cada uma das regiões serão apresentados e debatidos seis temas previamente escolhidos. No momento da inscrição, o interessado deve optar em participar das discussões entre os seguintes temas: Resíduos Sólidos Urbanos e Inclusão de Catadores de Materiais Recicláveis; Resíduos de Serviços de Saúde, Portos, Aeroportos e Terminais Rodoviários; Resíduos Industriais; Resíduos de Mineração; Resíduos Agrossilvopastoris; e Resíduos da Construção e Demolição.

Ainda no mês do outubro estão previstas as audiências da Região Sudeste (São Paulo), Nordeste (Recife) e Norte (Belém). O processo termina com um encontro em Brasília, agendado para o dia 30 de novembro e 1º de dezembro.

No documento-base a ser utilizado nestas discussões estão previstas diretrizes e metas para o aproveitamento energético; a eliminação e recuperação de lixões; a redução, reutilização e reciclagem com o objetivo de reduzir a quantidade de resíduos descartados. Deverão também ser estabelecidos programas, projetos e ações; normas para acesso aos recursos da União; medidas para incentivar e viabilizar a gestão regionalizada; normas e diretrizes para destinação final de rejeitos e os meios para o controle da fiscalização.


Fonte: www.mma.gov.br



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

18/09/2019 às 19:40

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1285 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey