Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


02/03/2012

Laboratório da USP produz enzimas otimizadas para branqueamento de celulose

Objetivo é desenvolver produção em larga escala de enzimas especializadas na catálise deste processo

Em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, o centro de pesquisa Verdartis Desenvolvimento Biotecnológico, situada dentro do campus da USP (Universidade de São Paulo), está desenvolvendo um sistema de engenharia de proteínas que otimiza o processo de produção de enzimas específicas, como a própria xilanase - utilizada para o branqueamento da celulose.

Durante o processamento industrial da madeira, estas enzimas possuem propriedades catalíticas, ou seja, são capazes de acelerar reações químicas que ocorrem dentro ou fora de um organismo.

O projeto de pesquisa “Bioprocesso de Produção de Enzimas para Biorrefinaria de Biomassa: Branqueamento de Celulose”, aprovado na chamada de propostas Pappe-Pipe III 2011, lançada pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) em parceria com a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), pretende desenvolver tecnologia para a produção em larga escala de enzimas especializadas na catálise de determinados processos.

Para atingir escala industrial de produção, é preciso aumentar a quantidade de enzimas produzidas em um reator, o que, consequentemente, diminuirá o custo do processo. Atualmente, já é realizado a fabricação da xilanase em fermentador de 10 litros junto com a redução do custo da produção de bancada em 80 vezes – quando transferido a tecnologia do laboratório para a empresa.

A redução inicial significativa no custo do processo, está associada ao uso do software “Artizima” para a seleção das enzimas mais adequadas ao processo de branqueamento de celulose. O software foi desenvolvido com apoio do Pipe (Programa Fapesp Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas).

O Artizima faz o gerenciamento de seleção das enzimas que, no caso do branqueamento de celulose, precisam se comportar bem em altas temperaturas e em níveis de acidez (pH) que variam muito – as duas principais variáveis do processo. Com isso o software faz a mutação aleatória das enzimas, a simulação dinâmica molecular em diferentes temperaturas e nível de pH e, por fim, a seleção das melhores enzimas.

Todo o procedimento desenvolvido pela Verdartis já reduz tempo e custo no processo. O próximo objetivo é patentear o processo de produção de enzimas baseado na evolução dirigida acelerada para 50, 100 e 500 litros.

Parceria para estudos
Atualmente o laboratório conta com a colaboração da empresa Suzano Papel e Celulose na busca de desenvolver enzimas de acordo com as condições reais de pH e temperatura apresentadas nas fábricas do setor.


Fonte: CeluloseOnline



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

11/07/2020 às 05:00

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2090 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey