Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


05/03/2012

PNUMA lança relatório "21 questões para o século 21"

O Programa de Meio Ambiente da Organização das Nações Unidas ( PNUMA) publicou, em fevereiro, o relatório ?21 questões para o século 21?, que contempla um consenso internacional e uma lista de prioridades das principais questões ambientais emergentes para serem discutidas na Rio+20. O documento é resultado do Painel Prevenção da UNEP, que envolveu mais de 20 cientistas do mundo todo e passou um ano discutindo e consultando cerca de 400 cientistas e especialistas por meio de uma pesquisa eletrônica.

Os participantes do questionário eram 73% homens e 27% mulheres, sendo que 15% atuam na área de ciências sociais, 9% da econômica e 76% ciências naturais, vindos 18% da América do Norte,  10% do Oeste da Ásia, 17% da África, 27% da Europa, 15% da Ásia-Pacífico  e 13% América Latina.

O relatório abrange os principais temas ambientais globais, incluindo a produção de alimentos e segurança alimentar, cidades, Link no Glossário uso da terraLink no Glossário biodiversidade, água doce e marinha, mudanças do clima, tecnologia, energia e resíduos.

Na questão “Novos desafios para garantir a segurança alimentar para nove bilhões de pessoas”,  é mencionado o desafio para a produção de alimentos com as altas temperaturas, mudança do clima e eventos climáticos extremos, como inundações e secas. Uma das ações sugeridas é a introdução ou expansão da agricultura sustentável com a conservação de água, restauração das paisagens degradadas e colheita eficiente.  Devem ser previstas também técnicas de produção limpa, que podem ser aplicadas em toda a linha para a indústria de processamento de alimentos para garantir a segurança dos produtos alimentares que saem do campo.

Já em “Além da conservação: integração da biodiversidade com as agendas ambientais e econômicas” foi concluída a importância de fazer uma ligação mais forte entre a conservação da natureza e políticas mais eficientes na conservação dos ecossistemas. As ações propostas giram em torno de alguns eixos principais: busca pela gestão integrada de terra, água, florestas e de outros Link no Glossário recursos naturais; a promoção da agricultura sustentável vinda do multiuso de terra e da água, o uso moderado de substâncias que possam prejudicar a biodiversidade, como pesticidas e herbicidas; e incorporação da mudança do clima como planejamento para a biodiversidade, por exemplo, os planos para mitigar a mudança do clima por meio do uso de sistemas de energias renováveis devem considerar os potenciais efeitos desses sistemas sobre a biodiversidade. Além disso, o PNUMA reforça a necessidade de introduzir valor econômico para a conservação dos recursos naturais, ou seja, um município poderia pagar para a Link no Glossário conservação de florestas que garantem a manutenção da qualidade das fontes de água utilizadas pela cidade.


Fonte: www.redeagro.org.br



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

21/10/2019 às 14:57

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1838 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey