Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


28/10/2013

Eldorado já é autossuficiente em energia verde a base de celulose

Empresa recebe licença para operar seu segundo turbo gerador de biomassa instalado na planta em Três Lagoas (MS) e pode comercializar energia renovável

A Eldorado Brasil possui dois turbos geradores, cada um com capacidade instalada de 110 megawatts.

A Eldorado Brasil maior e mais moderna indústria de celulose do mundo, recebeu licença da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para operar o seu segundo turbo gerador de biomassa instalado na planta, em Três Lagoas (MS).

Esta autorização permite que a Empresa trabalhe de forma 100% autossuficiente, ou seja, produza toda energia que precisa para suas operações de maneira renovável a partir de biomassa de celulose. “A Eldorado Brasil foi pensada para ser sustentável e eficiente. Isso inclui aproveitar tudo que pudermos em todos os processos, então, o que não é utilizado para a produção de celulose, usamos para produzir energia”, explica o diretor Técnico Industrial, Carlos Monteiro.

Além de suficiente para atender toda a demanda da fábrica, a quantidade de energia gerada ainda mantém as empresas instaladas no polo químico industrial da Eldorado e o valor excedente já está apto para exportação. “Com os dois turbos geradores, produzimos praticamente o dobro de energia que a produção da Eldorado precisa”, completa.

Por dentro da energia

A Eldorado Brasil possui dois turbos geradores, cada um com capacidade instalada de 110 megawatts, ou seja, com biomassa de celulose, a Empresa consegue produzir até 220 megawatts por hora, energia suficiente para abastecer uma cidade com 1,5 milhão de habitantes.

Este montante é suficiente para abastecer toda a fábrica da Eldorado, que utiliza cerca de 110 MW, praticamente metade do total de energia produzido. O restante é distribuído entre as empresas Akzo Nobel e White Martins - que estão dentro de seu polo químico industrial. Juntas, as duas usam em média de 50MW a 60MW. A licença da Aneel permite que a partir deste mês a Eldorado ainda possa comercializar na rede até 30MW de energia verde.

“A energia oscila de acordo com o processo de produção da celulose. Por este motivo, preferimos comprometer apenas 90% da produção e garantido a entrega e a eficiência do processo”, afirma Monteiro.

Energia renovável

Para obter a celulose, após plantar, cultivar e colher o eucalipto, a Eldorado Brasil utiliza um tecnológico processo de separação dos compostos presentes na madeira por meio de vapor e produtos químicos. Esta combinação separa celulose, que para ter o aspecto que conhecemos é submetida a um branqueamento, responsável por retirar traços de impurezas e dar a coloração branca ao produto final.

Este processo gera um subproduto: o licor negro. Ele é composto basicamente por lignina e substâncias químicas e é utilizado como combustível, gerando vapor e energia elétrica que excede a necessidade do processo.

Ainda dentro desta cadeia que envolve tecnologia de ponta e eficiência de produção, os químicos utilizados no processo também são recuperados em um grande filtro chamado Caldeira de Recuperação, fechando o ciclo de obtenção de celulose, produção de energia e recuperação de químicos, garantindo o alto padrão da celulose da Eldorado dentro dos mais modernos critérios ambientais de geração de energia limpa e renovável.


Fonte: Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

21/10/2019 às 22:38

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1782 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey