Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


11/03/2014

Eldorado Brasil Celulose vai participar do "The Business of Forestry" em Vitória (ES)

O gerente de Planejamento e Controle Florestal, Carlos Justo, vai proferir palestra na conferência internacional

Carlos Justo vai ministrar palestra sobre o planejamento da Eldorado Brasil Celulose

Nos dias 1 e 2 de abril, será realizado em Vitória, no Espírito Santo, a conferência internacional “The Business of Forestry”. Neste primeiro evento florestal de grande porte do ano no Brasil, os participantes irão assistir a um total de 17 palestras. Promovido pelas empresas Inflor (Brasil), Esri (EUA) e Remsolf (Canadá), o evento terá participação de lideranças brasileiras e internacionais. A reportagem do Painel Florestal conversou com Carlos Justo, gerente de Planejamento e Controle Florestal da Eldorado Brasil Celulose, que vai proferir palestra sobre os negócios da empresa. Confira a entrevista.

Painel Florestal: Qual a sua expectativa para o "Business of Forestry", que será realizado nos dia 1 e 2 de abril em Vitória (ES)?

Carlos Justo: Acredito será uma boa oportunidade para me inteirar das novas tecnologias aplicadas à gestão florestal e reencontrar velhos amigos.

Painel Florestal: Sua palestra, intitulada como "“Eldorado's Business of Forestry”, trará quais detalhes de inovação neste processo desenvolvido pela Eldorado?

Carlos Justo: A ideia é contar um pouco do que temos feito em termos de gestão florestal e quais ferramentas têm nos apoiado a controlar o processo na escala de produção da Eldorado.

Painel Florestal: Como a Eldorado, empresa de destaque mundial e um novo orgulho da nação, faz para manter essa silvicultura de alta produtividade com resultados sempre melhores e diante de uma concorrência cada vez mais acirrada, além dos planos de expansão da empresa em Três Lagoas (MS)?

Carlos Justo: Realmente é um desafio implantar florestas em grande escala, com qualidade e custos competitivos. É uma superação diária de todos que planejam, executam e acompanham as operações.

Painel Florestal: O que você pode nos dizer dos planos da Eldorado na sua área para este ano?

Carlos Justo: Nossa área tem um desafio grande com a expansão da fábrica. Além de realizar o planejamento para os próximos 20 anos, temos que interagir com a colheita no planejamento tático para garantir o presente e acompanhar a execução das atividades de silvicultura para o futuro.

Painel Florestal: Você acredita que há muitas possibilidades de o Brasil perder seu destaque na silvicultura mundial por conta de fatores como elevada carga tributária, falta de mão de obra qualificada e logística precária?

Carlos Justo: Tenho certeza que a maior dificuldade que teremos que superar é a questão logística. Somos bons em produzir, a dificuldade do produtor brasileiro é escoar a produção. No nosso caso, estruturamos uma logística multimodal (rodo-ferro-hidroviária), tanto para abastecer a fábrica com madeira, como para exportar nossa celulose.

Painel Florestal: Hoje, qual a área plantada de florestas da Eldorado? Esse número vai aumentar ou será mantido por algum tempo?

Carlos Justo: A Eldorado já tem 160 mil hectares plantados, o que garante a autossuficiência da primeira linha de 1,5 milhões de toneladas de celulose por ano. Vamos aumentar esta área significativamente nos próximos anos para garantir a expansão da fábrica, que deverá produzir até lá, 4 milhões de toneladas de celulose por ano. Com isso, devemos atingir 350 mil hectares de florestas de eucalipto até 2020.

Painel Florestal: Como você analisa o desenvolvimento da empresas brasileiras que disponibilizam softwares no mercado florestal voltados para a melhoria da gestão de finanças, gestão florestal e aumento de produtividade das empresas do setor? A Eldorado vem trabalhando com essas empresas, como, por exemplo, a Inflor?

Carlos Justo: Somos referência mundial na produção de celulose de eucalipto e não ficamos atrás em termos de desenvolvimento de tecnologias que nos apoiem na gestão deste processo. A Inflor é um grato exemplo disso. A Eldorado tem todas as suas operações florestais integradas com o Sistema de Gestão Florestal desenvolvido por eles e seguimos parceiros no aprimoramento deste sistema.

Painel Florestal: Na sua área de Planejamento e Controle Florestal, a Eldorado vai aumentar sua presença no Brasil? Há investimentos em outros países?

Carlos Justo: A Eldorado é uma empresa 100% brasileira e todos nossos investimentos programados serão realizados aqui. Nossa área é de suporte operacional e como costumo dizer: “o artista vai onde está o público”.

Painel Florestal: Qual a sua perspectiva para os negócios florestais no ano da copa do mundo?

Carlos Justo: Assim como a seleção, estamos fazendo nossa parte para ganhar o jogo. Vamos plantar 50 mil ha e colher 5 milhões de metros cúbicos de madeira em 2014, com uma equipe 100% própria. Será um ano com fortes emoções.

Painel Florestal: Na sua avaliação, o que diferencia a Eldorado das empresas concorrentes?

Carlos Justo: Arrisco dizer que além de sempre buscar as melhores tecnologias disponíveis, fomentamos muito a inovação. Para citar um exemplo concreto, a atividade de irrigação de plantio começou em 2013 com um caminhão pipa e sete pessoas atrás com mangueiras irrigando, na metade do ano tínhamos uma carreta pipa acoplada a um trator e três pessoas irrigando e terminamos o ano com um equipamento acoplado ao trator que faz a irrigação de forma automatizada.

Serviço: as inscrições para participar da conferência internacional podem ser feitas pelo site http.//www.businessofforestry.com ou por e-mail marketing@inflor.com.br

Dúvidas podem ser enviadas para o e-mail marketing@inflor.com.br ou pelo telefone +55 (27) 2122-0983, com Marcela Bressanelli, de segunda a sexta, das 8h às 17h.

O evento será realizado no Hotel Senac Ilha do Boi, localizado na rua Bráulio Macedo, nº 417, Ilha do Boi, Vitória (ES) Brasil.

 


Fonte: Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

18/09/2020 às 13:47

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2184 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey