Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


12/08/2015

Austrália promete reduzir em 26% emissões de CO2 até 2030

'Mas poderemos chegar aos 28%', diz primeiro-ministro Tony Abbott. Conferência em Paris deve obter acordo mundial sobre o assunto.

País emite CO2 principalmente na produção de energia elétrica - Arnd Wiegmann / Reuters

A Austrália planeja reduzir suas emissões de CO2 em ao menos 26% até 2030 em relação aos níveis de 2005, anunciou nesta terça-feira (11) o primeiro-ministro, Tony Abbott, destacando a determinação de seu governo em buscar um equilíbrio entre objetivos ambientais e econômicos. "É um bom objetivo, sólido, responsável do ponto de vista econômico, responsável do ponto de vista ambiental", disse.

"Chegamos à decisão de que nosso objetivo para 2030 se situará na faixa de 26 a 28%", afirmou Abbott. "Estamos engajados com o objetivo de 26% de maneira definitiva, mas avaliamos que em virtude das políticas que vamos adotar, poderemos chegar aos 28%" na redução das emissões de CO2.

O primeiro-ministro declarou que não trabalha sobre um "fechamento em massa" da atividade ligada ao carvão, do qual o país é um grande exportador.

Austrália, país de 23 milhões de habitantes, tem no carvão um elemento importante em sua produção energética e é um dos principais emissores de gases do efeito estufa per capita.

O objetivo se situa "na média" dos estabelecidos pelos países com um nível econômico comparável visando a conferência sobre o clima de Paris, onde se deve obter um acordo mundial para limitar o aquecimento global.


Fonte: France Presse



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

22/07/2019 às 20:07

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1499 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey