Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


20/09/2014

Campus Viçosa abre represas da Mata do Paraíso

Para garantir o abastecimento de água no campus Viçosa e na cidade, a UFV abriu duas represas da Mata do Paraíso na manhã desta sexta-feira (19).

Represa da Mata do Paraíso
Segundo o engenheiro ambiental da Divisão de Água e Esgoto da UFV, João Francisco de Paula Pimenta, o objetivo é recompensar os níveis das represas situadas no campus universitário, onde se dá a captação de água da Universidade e do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE).

O engenheiro comentou que, com essa ação da UFV, a expectativa é de que outras pessoas fiquem motivadas a também cederem água de suas represas. Ele ainda destacou o quanto a educação ambiental é fundamental, já que a liberação da água represada só foi possível devido à conservação da Mata do Paraíso.

A água liberada pela Universidade poderá auxiliar três dias de abastecimento na UFV e na cidade. Diante da situação crítica, João Pimenta lembrou que é essencial o auxílio de toda a população para o uso responsável da água.

Na fotografia abaixo, um registro do nível de água em uma das lagoas da Universidade para abastecimento do campus e da cidade.

 


Fonte: Sabrina Areias



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


Antonio de Padua Nacif disse:

23/09/2014 às 15:15

Nestes mesmo dias o Dr. Henrique Faria, filho do ex prefeito Geraldo Faria, atendeu ao pedido do SAEE e abriu sua represa, na região do Paraíso, para fornecer água à população viçosense. Esses dois fatos ilustram bem - e comprovam - o beneficio social da reservação de água em propriedades rurais, sempre combatida por órgãos ambientalistas e xiitas de plantão. Nos ensinamentos de nossos antepassados pode -se apurar: Reservar durante os períodos de fartura para usar nos períodos de escassez, ou, mais simplesmente falando - " Quem guarda tem! Pena é que são represas muito pequenas, mas se tivéssemos milhares delas a segurança contra enchentes e contra a falta d'água seria muito maior. Isto, sem falar no uso da água armazenada para a agricultura irrigada, dando segurança às lavouras e ao abastecimento da população. Vocês já observaram que em pleno ano de brava seca existe fartura de feijão no mercado a preços muito baixos. Com certeza a "culpa" é da agricultura irrigada. Podem crer!

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2239 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey