Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


07/03/2013

Capacidade produtiva da celulose vai dobrar em 10 anos

Esta é avaliação Márcio Funchal, da Consufor, baseada nos dados publicados pelas empresas do setor, cujos investimentos no MS devem aumentar a cada ano sem parar até 2023.

Márcio Funchal, diretor da Consufor. Foto: Painel Florestal

Na segunda palestra do 1º Encontro Painel Florestal – Mídia, Clientes e Agências, que foi realizado nesta terça-feira (05-03) em São Paulo, Marcio Funchal, diretor da Consufor, empresa sediada em Curitiba que elabora estudos detalhados nas áreas de negócios e estratégias, inteligência de mercado, engenharia de negócios, gestão empresarial, fusões e aquisições, destacou que a capacidade produtiva de celulose no país vai dobrar em dez anos, saltando de 15 para 30 milhões de toneladas por ano.

De acordo com Funchal, o país tem hoje 65 plantas industriais voltadas para a fabricação da celulose e, em 2023, este número estará em 80, além de mencionar a importância das empresas que passaram a se instalar no Mato Grosso do Sul, como no caso do município de Três Lagoas. “Os principais produtores serão Fibria, Eldorado, Suzano, Veracel, Cenibra e Klabin”, acrescentou. Ele disse ainda que o Brasil está experimentando a industrialização de casas pré-fabricadas de madeira, do tipo “wood frame”. “Apesar do inexpressivo crescimento do PIB ano passado, de apenas 0,9%, o Brasil vem conseguindo diminuir ainda mais o índice de desemprego, que no momento se encontra em 5,6%, e o risco país baixou de 15% para 1,8% em dez anos”, destacou Funchal.

O grande desafio para o Brasil nesta área, segundo Marcio Funchal, é aumentar a área plantada de florestas, que corresponde apenas a 0,8% do território nacional. Dentro deste universo, 69,6% são de eucalipto, 23,4% são de pinus e 7% de outros tipos de madeiras, como, por exemplo, seringueira, teca, acácia e paricá. “Estamos vivendo um momento de aumento da área plantada com eucalipto e diminuição com pinus, que tem um ciclo de produção mais longo, mas o País tem capacidade para ser um destaque ainda maior”, pontuou Funchal.

Para o diretor da Consufor, o Brasil vem desenvolvendo políticas para um equilíbrio entre as regiões, acabando com as grandes migrações internas. Segundo Funhal, isso se deve ao aumento da renda nas regiões mais pobres, que foi superior às regiões mais ricas. “No norte, o aumento na renda chegou a 87,5%; no centro-oeste, 70%; no nordeste, 57%; no sul, 45,7% e no sudeste 40,1% - tudo isso nos últimos dez anos, o que possibilita um processo de desenvolvimento mais harmonizado e na diminuição das desigualdades regionais, o que também é bom para o setor florestal”, avaliou Funchal.


Fonte: Painel Florestal - Elias Luz



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

21/10/2019 às 22:55

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1637 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey