Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


26/05/2010

Deputado Pede a Empresas Esforço Para Reduzir Emissão de Gases Poluentes

Minc: queremos agora que as empresas de ônibus assumam o compromisso, como, por exemplo, as siderúrgicas e as cimenteiras.

Minc: queremos agora que as empresas de ônibus assumam o compromisso, como, por exemplo, as siderúrgicas e as cimenteiras.

"A Comissão de Ciências e Tecnologia da Assembléia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) pretende criar mecanismos para estimular empresas a reduzirem as emissões de gases que provocam o efeito estufa no estado". Essa foi a informação dada pelo presidente da comissão, deputado Carlos Minc (PT), ao fim da audiência realizada ontem sobre o assunto.

- As propostas apresentadas em Copenhague (Dinamarca) instituíram a Política Nacional sobre Mudanças do Clima. Para alcançar os objetivos desta política, o país terá que adotar como compromisso voluntário uma redução entre 36% e 39% de suas emissões projetadas até 2020. Com isso, temos que nos estruturar estrategicamente para cumprirmos nossa meta estadual - afirmou o petista, lembrando que o setor de transporte no estado já vem realizando vários trabalhos de substituição de combustíveis com o objetivo de reduzir essas emissões - "queremos agora que as empresas assumam o compromisso, como, por exemplo, as siderúrgicas e indústrias cimenteiras" - completou.

A reunião, que tinha como objetivo discutir a regulamentação da Lei 5.690/10, que institui a Política Estadual sobre Mudança do Clima e estabelece princípios para uma economia de baixo carbono, contou com a presença da secretária de Estado do Ambiente, Marilene Ramos.

Ela ressaltou a necessidade da busca de subsídios e de se colocar em prática ações que podem beneficiar gerações atuais e futuras.

- É uma forma de tentarmos prevenir o estado das mudanças climáticas que estão por vir. A secretaria está realizando reuniões com técnicos do assunto para estipularmos uma meta, que os municípios fluminenses terão que cumprir com o intuito de conseguirmos a redução nacional de 39% de emissões - informou Marilene.

A secretária de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Branca Americano, listou evidências da elevação da temperatura média da superfície terrestre e apontou para a necessidade de medidas urgentes levando-se em conta o enfrentamento do aquecimento global.

- A lei é um modelo para desenvolver tecnologias que serão importantes em longo prazo para o Rio. Para que a meta nacional seja realizada, é de suma importância que os estados cumpram seus papéis. O estado do Rio, diferente dos demais, não tem problemas extremos com o desmatamento, o que nos gera um conforto. Porém, temos como grande foco de emissões de gases poluentes as indústrias, que são responsáveis por 33% da poluição do ar, e o setor de transporte, que representa 17% da produção dos gases do efeito estufa - frisou Branca.

Segundo Minc, este é apenas o primeiro debate. O parlamentar destacou ainda que pretende reunir representantes de grandes indústrias nos próximos encontros.

- Apresentamos recentemente leis que reduzem o ICMS em cima do uso de energia da biomassa, da energia eólica e da energia solar e para quem recicla seus produtos, com o intuito de estimular a coleta seletiva - finalizou o parlamentar.

Também participaram da audiência o presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Luiz Firmino; a ex-secretária de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Suzana Kahn; o representante da Pontifícia Universidade Católica do Rio (PUC-Rio), professor Fernando Walcacer; e o representante da Universidade Federal Fluminense (UFF), o professor Jorge Luís Fernandes.

Para mais informações clique aqui.


Fonte: Monitor Mercantil



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

10/08/2020 às 06:31

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1650 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey