Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


24/09/2015

Diferentes métodos de secagem da madeira no campo

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade Federal de Viçosa, de autoria de Gabriel Ferreira Monteiro Chaves, relata sobre a Avaliação de diferentes procedimentos de secagem da madeira no campo.

        A madeira sempre ocupou um lugar de destaque dentre os diversos materiais utilizados pelo homem, justificando a busca de novas técnicas de colheita, desdobro e secagem que buscam aumentar o aproveitamento dessa matéria-prima. A decisão do uso da madeira é influenciada por sua resistência mecânica, umidade final e características do ambiente que a mesma será exposta (ROSSO, 2006). Qualquer material lenhoso recém-abatido apresenta uma quantidade considerável de água, que, para a maioria dos casos de utilização, deve ser em parte removida. Sua concentração depende da espécie, da idade da árvore e da posição no tronco.
            A secagem da madeira é o processo de remoção de água, a fim de levá-la a uma umidade final pré-definida, com o mínimo de defeitos, no menor tempo possível e de uma forma economicamente viável para o uso a que se destina (MARTINS, 1988), com isso é considerada uma das fases mais importantes para a indústria produtora de painéis e pisos, pois proporciona entre outras vantagens, a redução do peso da madeira diminuindo o custo do transporte, melhoria nas propriedades mecânicas e físicas como resistência a compressão, flexão e dureza, evitando assim empenamentos, rachaduras e contrações. Além de proporcionar melhor acabamento como pinturas, vernizes, lacas aumentando a facilidade de molduragem, fixação e lixamento.
            Dessa forma, o objetivo desse trabalho foi comparar diferentes tipos de manejo de colheita e/ou empilhamento da madeira na secagem ao ar livre de toras do híbrido Eucalyptus spp, buscando avaliar qual o melhor tratamento para secagem da madeira. Foram comparados quatro tipos de manejo e/ou empilhamentos de madeira em tora com casca: feixes de árvores inteiras espalhadas ao longo do talhão, feixes de árvores inteiras sem ponteira espalhadas, feixes traçados espalhados e feixes traçados e empilhados à beira do talhão. Foram calculados os teores de umidade base seca (Ubs%) de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) NBR 14929.
            O manejo que apresentou o menor teor de umidade base seca, ao final dos 90 dias foi o de feixes traçados e espalhados pelo talhão, com valor de 33%, a partir de umidade inicial de 124%. Os demais tratamentos, de feixes de árvores inteiras, árvores inteiras sem ponteira e feixes traçados e empilhados no carreador apresentaram Ubs% de 42%, 43% e 55%, respectivamente, ao final de 90 dias. Após os testes, a empresa optou pelo manejo de feixes de árvores inteiras que favorecia o sistema de colheita empregado pela empresa e atingia um teor de umidade mais adequado para o processamento no pátio, em torno de 50% Ubs.
 
 
Fonte: http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/13286


Fonte: Lucas Fernandes Rocha ? Bolsista Bic ? Biblioteca Florestal Digital



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (2)


5xHz3YDrZ88p disse:

15/11/2015 às 04:16

For setting up an onnlie business, and if this is your first time, you might want to go with some CDs. I recommend video professor. I have personally used their cds for several microsoft programs when I first learned. They explain everything step by step and thoroughly. If you want to master quickbooks, this is right for you. They have a 10 day trial period, so if you dont like it, you dont have to pay.The link below will take you to the video professor site. Hope it goes well for you as it did for me.

Leir Geraldo R. de Souza disse:

06/11/2015 às 09:27

Trabalho há vários anos com madeiras nativas mas agora estou começando a fazer algumas experiências com Eucalipto, tenho encontrado vantagens e algumas dificuldades mas eu acredito que estou no caminho certo, preciso de maiores conhecimentos para continuar aperfeiçoando o uso dessa madeira.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2461 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey