Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


23/08/2016

É possível utilizar resíduos oriundos da indústria moveleira para a produção de novas chapas?

Reprodução Google
A indústria moveleira no Brasil apresenta uma grande expansão e é um dos maiores consumidores de recursos naturais renováveis. O setor moveleiro é composto por cerca de 13.500 micros, pequenas e médias empresas. E estima-se que dentre empresas formais e informais esse número pode alcançar cerca de 50 mil negócios. A geração de resíduos já faz parte dos custos não só econômicos, mas também de ordem ambiental em diversos ramos industriais devido à grande quantidade de resíduos gerados. Estima-se, que entre 40 e 50% da matéria-prima é transformada em resíduos dependendo do processo. A utilização do resíduo gera uma menor exigência da alta quantidade de madeira inicialmente consumida como matéria prima, minimizando custos de aquisição da madeira e da eliminação dos resíduos gerados no processamento.
Visando esse cenário, o Graduado em Engenharia Florestal Rafael Santiago, da Universidade Federal de Viçosa, promoveu um estudo para mostrar a viabilidade técnica da utilização de resíduos oriundos da indústria moveleira para a produção de novas chapas. Os resíduos na forma de serragem e aparas foram processados em moinho de martelo e após a moagem foram selecionados em peneiras. Foram fabricadas chapas do tipo aglomerado, MDP, aglomerado com inclusão laminar e aglomerado com adição de partículas de Pinus, tendo 3 repetições cada, totalizando 12 chapas. Foram determinados a densidade, o teor de umidade, a absorção de água e o inchamento em espessura após 2 horas de imersão.
O tipo de partícula influenciou nas propriedades físicas das chapas de aglomerado, as chapas produzidas apenas utilizando resíduos de MDF apresentaram uma densidade superior ao valor pré- estabelecido, por ter uma maior compactação. De modo geral, conclui-se que é tecnicamente viável a produção de chapas com resíduos da indústria moveleira.
Esse e outros trabalhos do Setor Florestal 
podem ser encontrados na nossa Bibioteca Florestal Digital.


Fonte: Mariana Barbosa - Polo de Excelência em Florestas



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

20/09/2017 às 04:23

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

2214 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey