Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


03/05/2015

Empresa de engenharia realiza o plantio de mais de 20 mil árvores

MRV Engenharia fechou o mês de março com mais de 13 mil árvores plantadas em todas as regionais onde está presente.

A meta para este ano é o plantio de 130 mil árvores, 30 mil unidades a mais que a meta do ano passado.

A MRV Engenharia fechou o mês de março com mais de 13 mil árvores plantadas em todas as regionais onde está presente. Com o número, a construtora atingiu 17 % da meta prevista para 2015, com 22.472 mil unidades plantadas só nos três primeiros meses do ano. Em 2015, a construtora estabeleceu a meta de plantio para 130 mil árvores, 30 mil unidades a mais que a meta do ano passado.

Para o diretor executivo de Desenvolvimento Imobiliário da construtora, Hudson Gonçalves Andrade, a nova meta é mais um compromisso firmado pela construtora com o objetivo de se reafirmar como empresa sustentável que tem como meta priorizar atividades e iniciativas que reduzam o impacto no meio ambiente. “A ampliação da nossa meta de plantio de árvores é um desses desafios que encaramos com muita seriedade, assim como a redução do descarte de resíduos nas obras e escritórios, a redução de emissão de gases e outras iniciativas que desenvolvemos em prol do meio ambiente e das comunidades onde atuamos”, comentou.

Ação no Paraná

A MRV realizou o plantio de 9,7 mil árvores em Maringá, nos últimos seis meses. Sendo 3.825 unidades, neste último mês, em uma ação desenvolvida em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Unicesumar e Faculdades Alvorada. “A ação, em Maringá, representa um investimento direto de mais de R$ 213 mil em sustentabilidade”, explicou o coordenador de obras da MRV no município, Leandro César Cunha.

Segundo ele, um investimento ainda maior será realizado para cuidar do desenvolvimento das árvores ao longo dos próximos três anos, de aproximadamente R$ 131 mil. “Cerca de 1.200 mudas foram plantadas no fundo de vale do loteamento Malbec e o restante em outras áreas que necessitam de recuperação ambiental, dentro dos limites do município”, contou.

Em setembro de 2014 a construtora já havia realizado o plantio de 5.878 árvores nativas no fundo de vale do Córrego Miosótis. “Além de recuperar áreas, estamos trabalhando para a criação de consciência ambiental, envolvendo, sempre que possível, crianças e adolescentes durante o plantio”, enfatizou Cunha.


Fonte: Portal Paranaense de Notícias



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

15/12/2019 às 22:50

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1695 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey