Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


14/06/2009

Governo Monitora TAC Para Madeireiros

O governo do Estado, por meio do Instituto de Meio Ambiente (Imac), tem realizado nos municípios do Acre ações de capacitação e monitoramento dos Termos de Ajustamento de Conduta assinado pelos empresários do setor moveleiro de Tarauacá, Feijó, Cruzeiro do Sul, Sena Madureira, Brasileira e Epitaciolândia. Através desses documentos os marceneiros assumiram o compromisso de regularizar as atividades.

O governo do Estado, por meio do Instituto de Meio Ambiente (Imac), tem realizado nos municípios do Acre ações de capacitação e monitoramento dos Termos de Ajustamento de Conduta assinado pelos empresários do setor moveleiro de Tarauacá, Feijó, Cruzeiro do Sul, Sena Madureira, Brasileira e Epitaciolândia. Através desses documentos os marceneiros assumiram o compromisso de regularizar as atividades.

A proposta do Governo é buscar alternativas para que os empresários possam ser inseridos nos Pólos Moveleiros que estão em fase de implantação nessas cidades. Atualmente os moveleiros não possuem condições de efetivar o licenciamento ambiental em razão de as empresas estarem localizadas em áreas impróprias.

Na tarde desta segunda-feira a presidente do Imac, Cleísa Cartaxo, recebeu em seu gabinete empresários do setor de Sena Madureira para nivelar as informações sobre o monitoramento que está sendo realizado para verificar se os compromissos firmados em novembro do ano passado são cumpridos. "Os empresários assumiram compromissos com o Imac e Ministério Público, e agora estamos verificando se o que foi acordado está sendo feito. Estamos trabalhando no apoio a regularização dos empreendimentos", destacou a presidente do Imac.

O Termo de Ajustamento de Conduta prevê medidas para proteger o meio ambiente e também minimizar os impactos. Dentre elas estão a necessidade de manter o maquinário em perfeitas condições, cumprir o horário de funcionamento, apresentar relatórios das áreas degradadas, além de coletar e transportar os resíduos sólidos. Os empresários assumiram ainda o compromisso, de após a instalação dos Pólos Moveleiros, de recuperar as áreas degradadas em relação às de preservação permanente ou áreas de proteção especial com o plantio de mudas nativas.


Fonte: Página 20



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

28/10/2020 às 13:47

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


883 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey