Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


11/03/2015

Ilha da Madeira investe 17,8 milhões em reflorestamento

O secretário Manuel António Correia, anunciou que o governo regional já investiu 11 milhões de euros no reflorestamento e 6,8 milhões na recuperação de calçadões.

Recuperação dos percursos de pedestres de Madeira.

"Do ponto de vista das políticas, tentamos promover em primeiro lugar a valorização da floresta, que é nossa, mas também do mundo", disse o secretário Ambiente e Recursos Naturais, Manuel António Correia à margem das comemorações do 102.º aniversário do Corpo de Polícia Florestal, que decorreram no concelho de São Vicente, no norte da ilha da Madeira.

Ele realçou a "relação umbilical" da região com a floresta e sublinhou que as políticas do executivo regional visam promovê-la e valorizá-la, dando como exemplo máximo desse trabalho a classificação da Floresta Laurissilva pela Unesco como Património Natural da Humanidade, o único em Portugal.

"Investimos mais de 11 milhões de euros para plantar cerca de 1,5 milhões de árvores, que são hoje um ativo muito importante, mas cujo efeito, obviamente, só se verá a médio e longo prazo", salientou Correia, sublinhando que o Governo adicionou, nos últimos anos, cerca de 2 mil hectares de área florestal à posse pública.

"Não adquirimos esses 2 mil hectares como um fim em si mesmo, mas como um instrumento para fazer trabalhos de valorização de usufruto da floresta", explicou.

O secretário do Ambiente e Recursos Naturais realçou também que foram investidos 6,8 milhões de euros na recuperação e manutenção de vários percursos para os pedestres, que atravessam a floresta e as montanhas e constituem uma das principais atrações turísticas da ilha.

O Corpo de Polícia Florestal, composto por 78 elementos, está distribuído pelo território da Madeira e de Porto Santo, sendo guardião de 59.100 hectares de área florestal, ou seja, 75% do território regional. "Esta é das instituições mais marcantes na valorização e defesa da floresta", disse Manuel António Correia, salientando a boa articulação da polícia florestal com a população.


Fonte: Notícias ao Minuto



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

18/11/2019 às 09:29

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1336 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey