Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


27/04/2015

Jundiaí vai plantar 14 mil árvores em parque

Projeto prevê recuperação de 8,5 hectares (85 mil m²) de área no parque ainda sem arborização.

Luciano Oliveira, funcionário do Parque da Cidade, participará do plantio das mudas (Foto: Ag. Bom Dia).

Ao iniciar o plantio de 14 mil mudas de árvores nativas e zoocóricas no Parque da Cidade, Jundiaí dá um passo importante para a criação de corredores ecológicos. Em 20 anos a expectativa é de cidade ganhar um pulmão verde em seu perímetro urbano.

O projeto prevê recuperação de 8,5 hectares (85 mil m²) de área no parque ainda sem arborização. E conforme publicado na “Imprensa Oficial” de 15 de abril, ao todo, o projeto prevê o plantio de 40 mil mudas nos próximos anos.

O valor total do contrato financiado pela Caixa é de R$ 486 mil. A empresa vencedora, Lucy’s Jardinagem e Paisagismo, ficou encarregada do plantio das árvores e há uma orientação do viveiro da prefeitura.

Serão plantadas mudas de açoita cavalo, dedaleiro, pau brasil, paineira, cedros, araribás, angicos, embiruçus, jequitibás e coloridos ipês. Em março, o local recebeu material orgânico retirado da represa de abastecimento após uma limpeza de rotina.

Ao todo cem caminhões com 16 m³ de vegetais cada um foram espalhados no terreno. “Antes não tínhamos nada ali, mas com a decomposição do material criou-se condições para que as primeiras vegetações começassem a brotar”, afirma a engenheira agrônoma Maria Carolina Dutra e Simões.

Caminho verde

Ela explica que os corredores estão em áreas onde fragmentos florestais ou unidades de conservação foram separados pela interferência humana. O projeto repara esse tipo de ação.

A construção da represa, que hoje garante o abastecimento de toda a cidade, foi feita com terra retirada de onde começou a ser reflorestado.

O que para muitos é apenas um local deserto no fundo do Parque da Cidade, ao lado da rodovia Vereador Geraldo Dias, será transformado em habitat de insetos a animais.

Maria Carolina diz que 30% das 80 espécies de árvores que serão plantadas são zoocóricas, que atraem aves e animais porque seus frutos ao caírem no chão servem de alimentos para várias espécies e podem gerar também novas árvores com dispersão de sementes.

Segundo o gerente do Parque da Cidade, o biólogo Marco Antonio Chanchencow, a médio prazo, a fauna será recuperada e interligada no parque. “Com os corredores os animais transitarão com mais facilidade.”

A floresta trará aos animais a combinação apropriada de recursos (alimento e abrigo) e ambientais para a reprodução. E como produtora de oxigênio e futuro local de lazer no parque.

Junto com o plantio das mudas vem a construção de duas bacias de contenção [na própria região do parque] que captarão água de chuva e irrigarão o terreno. “Essas bacias também evitam que a enxurrada atinja a represa”, disse Marco Antonio.


Fonte: Diário de São Paulo



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

22/10/2019 às 08:58

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1195 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey