Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


26/05/2015

Moçambique perdeu metade de seus elefantes em 5 anos por caça ilegal

ONG estima que 95% dos elefantes foram dizimados na parte norte do país. Organizações estimam que 30 mil são mortos no continente todo ano.

Setenta e três presas ilegais de elefantes de Moçambique, avaliadas em cerca de US$ 331 mil,foram apreendidas na época(Foto:Chaiwat Subprasom/Reuters)

O número de elefantes em Moçambique caiu à metade nos últimos cinco anos, devido à caça ilegal para a obtenção de marfim, segundo a ONG americana Wildlife Conservation Society (WCS).

"O último balanço apresenta uma queda dramática, de 48%, no número de elefantes nos últimos cinco anos, passando de 20.000 a 10.300 elefantes. Esta baixa se deve à caça desenfreada que afeta as mais importantes populações de elefantes", afirma a WCS em um comunicado enviado nesta terça-feira à AFP.

O balanço contabilizado pela WCS foi feito com análises a partir de um avião, em uma mostra de 10% do território.

A WCS também estima que 95% dos elefantes foram dizimados na parte norte do Moçambique, na fronteira com a Tanzânia, onde a população de elefantes passou de 15.400 a 6.100.

Organizações calculam que 30.000 elefantes são ilegalmente assassinados no continente africano todos os anos para alimentar o comércio de marfim, essencialmente destinado à China e a outros países da Ásia.

Segundo a ONG Elephants Without Borders (EWB), há 470.000 elefantes em liberdade na África.


Fonte: France Presse



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

10/07/2020 às 02:45

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2428 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey