Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


02/09/2010

Multa milionária por queimada

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) aplicou desde o início do período de estiagem cerca de R$ 11,5 milhões em multas a diversos proprietários de terras por desmatamento e queimadas ilegais no Pará.

 No Sudeste do estado, onde ocorre desde 9 de agosto a Operação Hefesto, um proprietário foi multado em R$ 5,1 milhões por ter derrubado e queimado 683 hectares de floresta no município de Santa Maria das Barreiras. Os fiscais também embargaram a área, que não poderá mais ser usada pelo infrator.

O Ibama também multou outras 13 propriedades em Redenção, Santana do Araguaia e Santa Maria das Barreiras. As multas somaram cerca de R$ 300 mil e as áreas também foram embargadas. Segundo o instituto, o grande número de assentamentos, invasões de terras e empreendimentos agropecuários que usam ilegalmente as queimadas para manejar suas pastagens deverão manter a Operação Hefesto por vários meses no Sul e Sudeste do estado. “Até as pontes estão sendo destruídas pelo fogo”, afirmou o coordenador da operação, Rômulo Neto.

No Sudeste do estado, na Reserva Indígena Xikrin do Cateté, equipes do Ibama combatem, desde quinta-feira, um grande incêndio florestal que atinge os municípios de Tucumã, Xinguara e Parauapebas. Ao todo, dois focos de fogo já estão em fase de extinção e um ainda não foi controlado, a 32 quilômetros da aldeia dos xikrins. Em São Geraldo do Araguaia, as equipes tentam apagar focos de fogo no Parque Estadual da Serra das Andorinhas, divisa com o Tocantins. 


Fonte: Estado de Minas



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

07/12/2019 às 00:36

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2428 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey