Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


17/08/2011

Oji Paper deve comprar unidade de Piracicaba da Fibria por US$313 milhões

17 de Agosto de 2011 - A brasileira Fibria assinou, em 11 de agosto, um termo de acordo com a Oji Paper concedendo exclusividade à empresa japonesa para adquirir os ativos de sua fábrica de papéis especiais localizada em Piracicaba (SP), até o dia 29 de setembro. O preço indicativo de venda da fábrica é de US$ 313 milhões.

 O negócio está sujeito à conclusão satisfatória de auditoria pela Oji à ocorrência de certas condições precedentes e à celebração dos contratos definitivos entre as partes.

A Fibria afirmou que espera que as negociações se desenvolvam de maneira satisfatória e se encerrem até o dia 29 de setembro, mediante a assinatura dos contratos definitivos e o pagamento do preço à vista. Os ativos da unidade de Piracicaba incluem prédios e tudo o que neles estiver contido. A fábrica produz 73 mil t/ano de papel autocopiativo e 42 mil t/ano de papel não revestido sem pasta em duas máquinas.

A Oji e a Fibria (à época, VCP) assinaram, em agosto de 2007, um acordo estratégico de negócios, com prazo de dez anos, envolvendo a transferência de tecnologia de produção de papéis térmicos para a fábrica de Piracicaba a partir de programas de treinamento em fábricas da Oji na Ásia, Europa e América do Norte. A venda da unidade de Piracicana é parte do plano da Fibria de reduzir sua dívida e focar em seu negócio principal - a celulose de mercado. Em 30 de junho de 2011, a dívida da Fibria estava em R$ 7,95 bilhões, 27% menor que a de um ano atrás.


Fonte: Risiinfo



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

10/07/2020 às 03:26

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1826 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey