Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


21/07/2011

Países amazônicos propõem monitorar desmatamento em conjunto

Representantes dos países que fazem parte da Amazônia - Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela - estão reunidos em Quito, no Equador, para debater a criação de um sistema de controle de desmatamento que permita comparar as taxas da derrubada de florestas nos oito países.

Segundo o diretor-executivo da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), Mauricio Dorfler, seria o primeiro projeto regional sobre desmatamento, em que os oito países vão poder quantificar de uma maneira "comparável" as taxas de perda de floresta.
 
Atualmente, os países seguem metodologias diferentes para identificar e monitorar o desmatamento. Além disso, nem todos os países tem o aparato técnico necessário para identificar desmatamentos com precisão. o Brasil é um dos mais avançados nesse item, e conta com um sistema de detecção em tempo real de desmatamento, coordenado pelo Instituto Espacial de Pesquisa Espacial (Inpe), com dados atualizados mensalmente.
 
Apesar das diferenças, há consenso entre as causas do desmatamento: pressão sobre o uso da terra, a expansão da pecuária, da agricultura, a mineração ilegal, entre outros, disse Dorfler. O diretor-executivo falou durante a Oficina para os Países Amazônicos sobre a Estratégia Regional da Biodiversidade, que começou nesta segunda-feira em Quito, com o objetivo de uma cooperação "entre todos os países para adotar medidas que previnam possíveis danos à Amazônia".
 

A OTCA também vai iniciar estudos de recursos hídricos além das fronteiras, para que as nações identifiquem o comportamento da bacia amazônica, suas perspectivas e potencialidades. Com isso, pretende ter mais informação para uma "melhor e mais adequada utilização da água", afirma Dorfler. 


Fonte: geodireito.com



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

21/10/2019 às 14:25

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1070 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey