Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


24/06/2013

Programa inovador irá certificar aviação agrícola brasileira

O programa se baseia no aprofundamento dos conceitos de responsabilidade e sustentabilidade das operações, buscando melhorar a qualidade das pulverizações e reduzir os riscos de impacto ambiental

Foto: A tendência é melhoria na qualidade das pulverizações

Uma parceria entre pesquisadores Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Unesp, Universidade Federal de Lavras (UFLA) e Universidade Federal de Uberlândia (UFU) desenvolveu um programa de certificação para empresas de aviação agrícola e de operadores aeroagrícolas privados. O objetivo é incentivar a capacitação e a qualificação dos responsáveis pela aplicação aérea de defensivos.

O programa se baseia no aprofundamento dos conceitos de responsabilidade e sustentabilidade das operações, buscando melhorar a qualidade das pulverizações e reduzir os riscos de impacto ambiental.

O sistema de certificação foi concebido para ser aplicado em três níveis. O primeiro deles avalia toda a documentação e os aspectos legais da operação. Será preciso comprovar que a empresa ou o operador atua em conformidade com a legislação e a regularidade de sua situação junto a órgãos competentes como Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) entre outros.

O segundo nível permite a certificação da qualificação tecnológica do participante do programa. Ela será alcançada através da aprovação, com frequência mínima e desempenho satisfatório, no curso de capacitação denominado “Qualidade técnica e responsabilidade ambiental na aplicação aérea”. O programa prevê que o curso seja oferecido em dois módulos (“Qualidade da tecnologia de aplicação” e “Planejamento e responsabilidade ambiental”), com uma carga horária total de 16horas.

A conformidade de equipamentos e instalações é o terceiro e último nível de certificação. Para obtê-la a empresa ou operador deverá comprovar a conformidade, a funcionalidade e a qualidade dos equipamentos de pulverização e das instalações utilizadas, a partir de uma inspeção realizada a campo.

O programa de certificação estará à disposição dos interessados a partir do segundo semestre de 2013. Os responsáveis pelo seu desenvolvimento esperam contar com uma ampla adesão do setor. “Trata-se de uma demanda antiga do setor. Por se tratar de um programa privado de certificação, esta ação aponta para o caminho da autorregulamentação do mercado de pulverizações aéreas, como já ocorre em diversos segmentos da sociedade. E o fato de ser operacionalizado por universidades públicas confere a necessária credibilidade e imparcialidade ao processo”, explica o professor Ulisses Rocha Antuniassi, da FCA/Unesp, coordenador geral do programa e responsável pelo seu desenvolvimento ao lado dos professores Wellington Pereira Alencar de Carvalho, da UFLA, e João Paulo A. Rodrigues da Cunha, da UFU.

A gestão do programa de certificação ficará a cargo da Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais (FEPAF), entidade sem fins lucrativos ligada à FCA/UNESP, com sede em Botucatu/SP. A iniciativa tem o apoio do Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) e da Associação Nacional de Defesa do Vegetal (Andef).


Fonte: Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

20/11/2019 às 20:17

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1473 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey