Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Programa Mais Árvores realizará ?Dias de Campo? na Bahia

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


03/07/2015

Programa Mais Árvores realizará ?Dias de Campo? na Bahia

Neste primeiro momento, que será realizado de 8 a 17 de julho, cerca de 800 produtores de madeira de quatro regiões da Bahia estarão participando dos dias de campo

Floresta plantada na Bahia

De 8 a 17 deste mês, o Time Agro Brasil da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) irá realizar dias de campo em quatro regiões da Bahia focando em dois temas principais do Programa Mais Árvores: Manejo Florestal para Usos múltiplos da Madeira e Gestão da Propriedade Rural. Os demais módulos do programa e a instalação da unidade produtiva em cada região estão programados para 2016.

Neste primeiro momento, que será realizado de 8 a 17 de julho, cerca de 800 produtores de madeira de quatro regiões da Bahia estarão participando dos dias de campo. Dia 08/07 (quarta) em Alagoinhas (Litoral Norte); dia 10/07 (sexta) em Barreiras (Oeste); dia 14/07 (terça) em Eunápolis (Sul) e em 17/07 (sexta) em Vitória da Conquista (Sudoeste).

Esta ação faz parte do Programa Mais Árvores da CNA que tem por objetivo incentivar o produtor rural a investir no plantio e manejo de florestas comerciais para usos múltiplos (produtos madeireiros e não madeireiros), com tecnologia aplicada, nas principais regiões com aptidão florestal do país. Para a sua realização, a CNA conta com o apoio das Federações de Agricultura, Senar regionais, Sindicatos Rurais e instituições parceiras, a exemplo da Associação Baiana das Empresas de Base Florestal (Abaf).

A metodologia consiste na implantação de uma unidade produtiva florestal, em cada região abrangida, em propriedade de produtor parceiro, que será a vitrine florestal e local de realização de cinco módulos do programa: 1. Sistemas agroflorestais e solos florestais; 2. Manejo florestal para usos múltiplos; 3. Legislação florestal, CAR e oportunidades de renda nas áreas de reserva legal; 4. Linhas de crédito e certificação florestal; 5. Gestão da propriedade rural. Os módulos serão realizados mensalmente e terão a carga horária de 8 horas cada.

O evento é uma realização Time Agro Brasil e tem como parceiros: CNA, Sebrae, Faeb/Senar, Abaf, Sineflor (Norte), Aiba e Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras (Oeste), Assossil (Sudoeste) e Aspex (Sul).

Programa Mais Árvores Bahia

Na Bahia, esta ação conta com a participação da Abaf, com o Programa Mais Árvores Bahia. “Estamos em uma nova fase do Programa Mais Árvores Bahia que está avançando muito bem em seus dois segmentos de trabalho. O Projeto Indústria, que tem como objetivo a implantação de polos madeireiros, começou em Teixeira de Freitas (Extremo Sul da Bahia), onde já existe um projeto piloto de polo madeireiro.

Na região foi definido um projeto para 2015 e outro com ações complementares para ser executado entre 2016 e 2019. O Projeto Produção, outro segmento de trabalho, tem início em julho de 2015 com a realização do programa Mais Árvores da CNA que inclui cinco módulos sequenciais na modalidade Dia de Campo”, explica o diretor executivo da Abaf, Wilson Andrade.

“Vale destacar a abrangência do Programa Mais Árvores Bahia que trabalha ao mesmo tempo com os três vértices do triângulo compreendido por: produtores de madeira; compradores e processadores de madeira; e consumidores finais no estado, através das revendas de madeira, indústrias de móveis e construção civil”, completa Wilson Andrade.

O Programa do Mais Árvores Bahia conta com a coordenação local das entidades regionais que agregam os produtores de eucalipto: Aspex (Associação dos Produtores de Eucalipto do Extremo Sul Bahia), Assosil (Associação dos Silvicultores do Sudoeste da Bahia), Sineflor (Sindicato das Empresas Florestais da Bahia que atua no Litoral Norte), e Aiba (Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia, no Oeste).

Programação:

8h - 8h30: Credenciamento e entrega dos kits.

8h30- 9h: Café da manhã de boas-vindas.

9h às 12h20: Workshop

Programa Mais Árvores Bahia. Por Wilson Andrade/ABAF

Time Agro Brasil. Responsável: Emanuela Da Rin Paranhos

Programa Mais Árvores. Responsável: Camila Braga/CNA

Silvicultura como Oportunidade de Negócios; Manejo para usos múltiplos e SAF/ILPF; Solos e variedades florestais. Responsável: Pedro Francio Filho/Unisafe Consultoria

Gestão da propriedade rural; Rentabilidade de madeira para usos múltiplos; Linhas de crédito. Responsável: Diego Oliveira/Centro de Inteligência em Mercados (UFLA).

12h20 – 13h30: Almoço e network

14h – 17h30 – Visita técnica.

Parceiros

Este trabalho conta com os seguintes parceiros: CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), Faeb (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia), Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Fieb (Federação das Indústrias da Bahia), Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), Aiba (Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia), Seagri (Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Reforma Agrária, Pesca e Aquicultura da Bahia), SDE (Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia), Sudic/BA (Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial), Fórum Florestal do Sul e Extremo Sul da Bahia, Aspex (Associação dos Produtores de Eucalipto do Extremo Sul Bahia), Assosil (Associação dos Silvicultores do Sudoeste da Bahia), Sineflor (Sindicato das Empresas Florestais da Bahia), Sindpacel (Sindicato das Indústrias de Papel, Celulose, Papelão, Pasta de Madeira para Papel e Artefatos de Papel e Papelão), Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras, Sindimol (Sindicato das Indústrias da Madeira e do Mobiliário do Espírito Santo), Agência da Madeira (PR), Moveba (Sindicato da Indústria do Mobiliário do Estado da Bahia), UFSB (Universidade Federal do Sul da Bahia), UFBA (Universidade Federal da Bahia) e ABAF (Associação Baiana das Empresas de Base Florestal).


Fonte: Painel Florestal - Abaf - CNA



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

17/10/2019 às 10:47

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1191 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey