Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Avanço e Pesquisa>>Propriedades de painéis tipo OSB, fabricados com flocos de Eucalyptus grandis tratados termicamente

Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


25/06/2013

Propriedades de painéis tipo OSB, fabricados com flocos de Eucalyptus grandis tratados termicamente

Tese de Doutorado defendida no Departamento de Engenharia Florestal da UFV pela Engenheira Florestal Flávia Alves Pereira sobre tratamento térmico em flocos de madeira de eucalipto para produção de painéis tipo OSB

Fonte: Lionel Allorge
Tratamentos térmicos podem ser utilizados para melhorar a estabilidade dimensional, mediante modificações químicas dos constituintes químicos da madeira e de seus derivados. O objetivo deste trabalho foi determinar as propriedades de painéis OSB produzidos com flocos de madeira de Eucalyptus grandis tratados termicamente. Esses tratamentos foram realizados nas temperaturas de 180, 200 e 220 ºC, por 30, 60, 90 e 120 min, em autoclave com nitrogênio ou a vácuo. Os painéis foram produzidos com 8% do adesivo fenol-formaldeído e prensados a 32 kgf/cm² por 8 min, a 170 ºC. As propriedades dos painéis foram determinadas conforme a norma da ABNT: NBR 14810-3. Os resultados foram comparados aos das normas ANSI/A – 208.1 (1993) e CSA 0437-93 (1993). De acordo com os resultados, a umidade de equilíbrio dos painéis, a absorção de água e o inchamento em espessura, após 24 h de imersão, foram reduzidos pelos tratamentos térmicos dos flocos. A densidade dos painéis não foi afetada pelos tratamentos térmicos e teve média igual a 0,70 g/cm³. A temperatura dos painéis fabricados com flocos tratados termicamente é mais elevada ao término da prensagem. A massa residual dos flocos tratados termicamente foi superior à testemunha ao término das análises termogravimétricas (450 ºC), e as menores médias foram observadas no ambiente com nitrogênio. Os tratamentos térmicos em temperaturas de 220 ºC são recomendados quando a maior estabilidade dimensional dos painéis é necessária. Entretanto, essas altas temperaturas propiciam maior perda de massa e, consequentemente, algumas propriedades mecânicas podem ser prejudicadas e limitar seu uso. Dessa forma, recomenda-se o emprego de temperaturas mais baixas, a 180 ºC. A utilização do nitrogênio não melhorou, de modo geral, as propriedades físicas e mecânicas dos painéis OSB, portanto sua utilização não é necessária, uma vez que a introdução desse gás no tratamento térmico dos flocos envolve custo adicional aos painéis.

Orientação e Banca
Orientador: Benedito Rocha Vital
Coorientadores: Angélica de Cássia Oliveira Carneiro e Ana Márcia Macedo Ladeira Carvalho
Membros da banca: Graziela Baptista Vidaurre e Daniel Camara Barcellos

Para acesso à dissertação completa, acessar o link: http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=4863




Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


U8HBnNlCG disse:

30/09/2013 às 06:36

My preference would be what Norm sugsegts: that probationary faculty get tenure and rank of Associate Professor upon completing the IPEC period. As a concession, it could be IPEC + 1 year to make things more equal with later hires. But if this is meant to be our opening position, I suggest the former as our grandfathering proposal.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2705 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey