Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


19/07/2016

Questões ambientais ameaçam a produção de carvão vegetal

Cássia Carneiro, da UFV, disse, durante o Coneflor, que estão querendo acabar com esta fonte de energia

Cássia Carneiro, professora doutora da UFV, proferiu palestra sobre o potencial do carvão vegetal
A professora doutora Cássia Carneiro, da Universidade Federal de Viçosa (UFV), de Minas Gerais, iniciou a palestra no 5º Congresso Nordestino de Engenharia Florestal – V Coneflor - dizendo que o setor de carvão vegetal se desenvolveu, de forma organizada, nos últimos dez anos. O consumo doméstico é de apenas 1% e 99% vão para a siderurgia.

De acordo com Cássia Carneiro, as questões ambientais estão matando a produção de carvão vegetal por parte do Ministério Público. "É muito mais ambientalmente correto produzir o ferro-gusa, que depois é transformado em aço, por meio do carvão vegetal, do que pelo carvão mineral, que é poluidor. Isso sim é preciso ser dito", destacou.

O Brasil é o maior produtor e consumidor de carvão vegetal no mundo. Para Cássia Carneiro, o setor precisa se estabelecer, de vez, no Brasil e no mundo. Apenas 25% do ferro-gusa são produzidos com o carvão vegetal, enquanto que os outros 75% vêm do carvão mineral, que é poluidor e, ainda por cima, é importado. "Podemos nos tornar grandes exportadores, não só de carvão, mas também de pellets", avaliou.

Segundo Cássia Carneiro, 81% do carvão são provenientes de florestas plantadas. As siderurgias não estão conseguindo consumir mais carvão vegetal por conta da crise e, ainda por cima, a madeira usada já foi a mesma para a celulose, ou seja, estavam fazendo carvão vegetal com a madeira errada. "O setor aprendeu, mas o mundo não enxergou isso e ainda nos cobram sustentabilidade. Hoje, há formas eficazes de produzir o carvão vegetal de forma sustentável", enfatizou Cássia Carneiro.


Fonte: Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

09/12/2019 às 03:09

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2192 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey