Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


30/10/2017

Saldo da balança comercial do setor florestal cresce 12,1% em nove meses

O superávit da balança comercial superou à marca de US$ 5,5 bilhões.


O saldo da balança comercial do setor brasileiro de árvores plantadas para fins produtivos superou a marca de US$ 5,5 bilhões entre janeiro e setembro de 2017, alta de 12,1% em relação ao mesmo período de 2016. Nos primeiros nove meses do ano, o setor registrou US$ 6,3 bilhões em exportações (+10,3%), sendo que as vendas externas de celulose alcançaram US$ 4,6 bilhões (+13,2%), as de papel US$ 1,4 bilhão (+0,6%) e as de painéis de madeira US$ 212 milhões (+19,8%).

Destino das Exportações – No acumulado de janeiro a setembro deste ano, a China se manteve como principal destino da celulose produzida pelo Brasil (40,3% de participação), representando uma receita de US$ 1,9 bilhão (+21,5%). Os países europeus foram o segundo maior destino da celulose, que detiveram, neste período, uma fatia de 31,5% das exportações, com cerca de US$ 1,5 bilhão (+5,8%).

Os países latino-americanos permaneceram como os principais mercados dos segmentos de papel e de painéis de madeira nos primeiros nove meses do ano, com receitas de exportações de US$ 928 milhões (+11,7%) e US$ 111 milhões (+16,8%), respectivamente.

Volume de Exportação – A celulose brasileira continua com números positivos no mercado externo. No acumulado de janeiro a setembro de 2017, 10,0 milhões de toneladas de celulose foram comercializadas para o exterior (+4,2%). No mesmo período, as exportações do segmento de papel se mantiveram praticamente estáveis com 1,6 milhões de toneladas (-0,2%). O segmento de painéis de madeira alcançou a marca de 937 mil m³ vendidos para outros países (+27,7%).

Produção – Nos três primeiros trimestres de 2017, a produção brasileira de celulose atingiu os 14,3 milhões de toneladas (+2,7%). A fabricação de papel registrou 7,8 milhões de toneladas (+0,7%).
Vendas Domésticas – De janeiro a setembro de 2017, as vendas domésticas de papel superaram a marca da 4,0 milhões de toneladas (-0,5%); enquanto o segmento de painéis de madeira registrou 4,8 milhões de m3 comercializados internamente (+1,7%).


Fonte: Ibá



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

21/11/2017 às 13:23

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


332 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey