Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


26/06/2012

Unidades de Conservação e Áreas de Preservação Permanente da Bacia do São Francisco.

Dissertação de mestrado defendida no Departamento de Engenharia Florestal da UFV estudou as UC´s e APP`s da Bacia do Rio São Francisco.

Foto: Google
A bacia hidrográfica do Rio São Francisco, situada entre as coordenadas 46,67° - 45,09° O e 19,06° - 20,36° S, pertence à bacia hidrográfica da represa hidroelétrica de Três Marias – MG, que por sua vez insere-se na grande bacia hidrográfica do Rio São Francisco.
A escolha desta área realizou-se com base na importância ecológica e hidrológica que possui para toda a bacia do São Francisco e para a conservação de remanescentes de vegetação nativa do Cerrado mineiro. Assim, desenvolveu-se o presente estudo com o objetivo principal de fornecer informações sobre o nível de proteção e conservação ambiental, respectivamente, das áreas de preservação permanente (APPs) e unidades de conservação (UCs) desta sub-bacia.
Buscou-se determinar se a manutenção do Código Florestal Brasileiro de 1965, como elemento centralizador da política florestal do país, atende aos objetivos para o qual foi proposto.
Para tal, a metodologia envolvida abrangeu a geração de Modelos Digitais de Elevação Hidrograficamente Condicionados (MDEHCs) a partir de bases vetoriais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para posterior delimitação automática de APPs no software ArcGIS 9.3.1.
Após a determinação das APPs, conforme exposto no Código Florestal Brasileiro e na Resolução n? 303 do CONAMA, a análise temporal das imagens de satélite LANDSAT 5 TM permitiu obter informações sobre o conflito de uso da terra e cobertura vegetal nas APPs e nas UCs daquela sub-bacia.
As APPs ocupam 36 % da extensão da região estudada, destacando-se as categorias linhas de cumeada e zonas ripárias. Um aspecto de grande importância para a qualidade ambiental, observado nas APPs, foi a formação de grandes extensões de corredores ecológicos naturais ao longo de toda a sub-bacia, considerando-se a plena observância do Código Florestal.
Entretanto, uma vez que houve notável diminuição da cobertura vegetal nativa e aumento das atividades antrópicas na sub-bacia, de modo geral, as APPs encontram-se, em sua maioria, ameaçadas.
A UC mais conservada foi o Parque Nacional da Serra da Canastra, que apresentou cerca de 80% de cobertura vegetal nativa remanescente, apresentando um aumento discreto das atividades antrópicas ao longo dos últimos 14 anos.
O Parque Estadual de Campos Altos apresentou grande perda da sua cobertura vegetal nativa para as atividades antrópicas, o que é incoerente com o proposto no Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) para as UCs de Proteção Integral. Quando estas não cumprem com seus objetivos, vários impactos negativos são gerados, principalmente sobre a peculiar biodiversidade contida no Cerrado desta região da bacia do São Francisco.
Conclui-se que as APPs são importantes na formação de corredores ecológicos naturais ao longo de toda a bacia hidrográfica, interligando seus fragmentos entre si e às suas UCs. Este aspecto das APPs comprova a robustez do Código Florestal Brasileiro de 1965 nas suas determinações originais.
Orientação e Banca
Professor Orientador: Carlos Antônio Alvares Soares Ribeiro
Professore Co-orientadores: Vicente Paulo Soares e Elias Silva.
Banca: João Augusto Alves Meira Neto.
Para acesso à dissertação completa, acessar o link:

ftp://ftp.bbt.ufv.br/teses/ciencia%20florestal/2011/234928f.pdf




Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

26/05/2020 às 07:13

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


6907 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey